Profissão Bianca

Minha Experiência como Médica de UBS – Relato ABC da Medicina

Durante meu último semestre na faculdade eu prestei um Concurso para Médico Clínico em UBS (Posto de Saúde). Fiz esse concurso na Prefeitura de Barueri, pois queria assegurar um bom vínculo empregatício caso não passasse na prova de Residência (especialização).

Tive a felicidade de ser chamada logo quando me formei e não pensei duas vezes e assumi o cargo. Não tinha certeza do resultado da Residência, então arrisquei e comecei a trabalhar como clínica geral no posto. Hoje vou contar como foi minha experiência lá.

Trabalhando numa Unidade Basica de Saúde – Minha Experiência

O que é UBS ?

Só para contextualizar, UBS é a abreviação de Unidade Básica de Saúde, também conhecida como Posto de Saúde. Esse local é a porta de entrada do sistema de saúde brasileiro, ou seja, deve ser o primeiro local de apoio e direcionamento dos pacientes pelo serviço.

Normalmente o fluxo de atendimento na UBS é agendado, ou seja, em regime ambulatorial com consultas (de clínico, ginecologista, pediatra, enfermeiro etc).

Há também a possibilidade de avaliações de intercorrências agudas, normalmente o enfermeiro faz o primeiro contato. Dai se ele julgar que o paciente precisar ser avaliado pelo médico, ele nos encaminha via encaixe.

Tipos de pronto atendimentos: queda ou elevação da pressão arterial, traumas leves (graves devem ir direto pro PS), mal estar súbito etc. O clínico pode dar alguma conduta ali ou remover o paciente para algum pronto socorro, se for necessário.

Lembrando também que é na UBS que são aplicadas Vacinas e fornecidos medicamentos em farmacia do SUS.

Meu Relato como Clínica na UBS

Eu fiquei pouco tempo na unidade, apenas 2 meses e meio (quando saiu o resultado da prova de residência). Durante esse período pude vivenciar tudo o que descrevi acima no funcionamento da UBS e gostei bastante.

A rotina não é exaustiva e estressante como em pronto socorros, a maioria dos atendimentos são agendados. Grande parte dos casos atendidos são de Hipertensão arterial, diabetes, alterações lipídicas (colesterol, triglicerides), depressão, ansiedade e pacientes com desejo de exames de rotina e preventivos.

Nesse contexto, também atendi algumas intercorrências agudas como hipotensão (por desidratação), dor abdominal (por cólica nefrética), Lombalgia cronica agudizada, e mordedura por gato.

Apesar de não querer seguir na área clínica, adorei minha experiência atendendo casos gerais em consultório. Percebi que é um excelente ambiente para criar boas relações com os pacientes, entender mais da vida deles e ajuda-los com orientações para uma vida mais saudável.

Eu fui muito elogiada pelos pacientes da unidade, por ser “atenciosa e prestativa”. Ao meu ver eu estava fazendo o básico que um profissional da saúde deveria fazer!! Mas aparentemente não é o que a maioria faz.

Acreditem: só de você sorrir, prestar atenção no paciente, examinar com cuidado, você faz a diferença. Eu conto isso não para me engrandecer, pois como disse eu acho que isso é o mínimo que um profissional deveria fazer. Mas conto isso para que futuros profissionais da saúde que estão lendo o texto reflitam sobre isso e coloquem em prática essas pequenas atitudes.

Esse fato de ter cultivado boas relações e ter me sentido fazendo a diferença lá, fez daquela experiência no posto de saúde meu inicio na carreira médica ter sido tão bom e prazeroso.

Também me senti feliz em poder colocar muitos dos aprendizados da faculdade em prática. Claro que no inicio com bastante insegurança e consultando varias fontes antes de prescrever haha. Mas depois fui pegando mais confiança nos atendimentos.

Teria muitos casos marcantes para contar ou ensinamentos que a faculdade não me trouxe, mas fica para outro post!! Se gostaram do texto deixem seus comentários aqui =)

Assuntos do Artigo
  • relatos de experiencias na ubs

Comente Via FaceBook

Comentários




Sobre o autor | Website

Sou estudante do 6º ano de Medicina na Faculdade de Medicina da USP, blogueira desde 2012 quando fazia Cursinho pré-vestibular. Também participo do Vlog Mediários, um canal do You tube!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

  1. Raphael disse:

    Exitos sempre

  2. LAIS disse:

    Muito interessante seu relato, adoro saber sobre a rotina de medicina, e não estranhei nada você ser elogiada, pois trabalho na saúde e sei bem a realidade que é, e infelizmente alguém assim, atenciosa e prestativa não é comum, mas acredito que a nova geração de médicos está vindo com outra visão. Sucesso.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.